Deputado Itamar Borges - Itamar Borges - Deputado Estadual

Deputado Itamar Borges

 

Nascido em 1969 em Santa Fé do Sul, São Paulo, Itamar Borges está em seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Entre 06/2021 e 03/2022 se licenciou do mandato para assumir o cargo de secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Advogado, formado em educação física, teve experiência no comércio, foi professor universitário, vereador e por três mandatos prefeito de Santa Fé do Sul.

 

Presidiu entre 2011 e 2021 a Comissão de Atividades Econômicas (CAE) da Assembleia Legislativa, que aborda temas referentes à agricultura, comércio, indústria e turismo.

 

Sua atuação na ALESP inclui a presidência das Frentes Parlamentares do Empreendedorismo e Combate à Guerra Fiscal; Indústria da Construção e da Mineração; e da SP-AGRO; além da coordenação da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos.

 

Itamar Borges também possui atuação em importantes entidades de representação da classe política. É diretor de São Paulo da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE), e presidente do Conselho Consultivo e membro do Conselho Deliberativo da Associação Paulista de Municípios (APM).

 

Em seus mandatos, Itamar trabalha em defesa da agricultura, pecuária, agroindústria, sucroenergia e todos os setores da cadeia produtiva do agro; das santas casas e hospitais filantrópicos; desenvolvimento do empreendedorismo e das micro e pequenas empresas; apoio ao municipalismo, educação, segurança pública, meio ambiente, turismo, infraestrutura, entidades assistenciais, segurança entre outros temas.

 

Secretaria de Agricultura

 

 

Em 10 meses de gestão na Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo (SAA), Itamar Borges, promoveu uma verdadeira revolução na pasta e na relação com o setor produtivo.

 

Sua gestão focou no diálogo com a cadeia produtiva do Agro paulista e com o poder público municipal, na busca por soluções conjuntas, que contribuíssem com o desenvolvimento do setor.

 

Assim foram criados programas como o Segurança no Campo, que destina viaturas para a realização de rondas em áreas rurais, o Cozinhalimento, o Cesta Verde e o Rotas Rurais, que criou um endereçamento digital, semelhante a um cep, para propriedades rurais, beneficiando cerca de 2 milhões de paulistas.

 

 

Leis de autoria do deputado estadual Itamar Borges

 

Foram diversas Leis aprovadas na Assembleia Legislativa e sancionadas pelo governador, entre elas:

  • Lei 15.099/2013, voltada a inovação tecnológica nas micro e pequenas empresas;
  • Lei 15.693/2015, que cria o Plano Estadual de Educação Empreendedora;
  • Lei 15.781/2015, que institui a Semana do Meio Ambiente no Estado de São Paulo;
  • Lei 16.109/2016, torna permanente o auxílio financeiro do Governo do Estado às instituições filantrópicas, chamado de Santas Casas SUStentáveis.

Itamar Borges também é coautor da Lei complementar 1.261/2015 que cria os Municípios de Interesse Turístico.

 

Como prefeito de Santa Fé do Sul recebeu diversos títulos e prêmios, entre eles:

 

“Selo de Responsabilidade Fiscal e Social” (2007), premiação concedida pelo Ministério do Desenvolvimento Social, do Governo Federal, pelo cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, do custeio da máquina pública, do esforço de investimento, superávit primário e do desempenho nas áreas de saúde e educação;

“1º Lugar em Empreendedorismo no Estado de São Paulo e no Brasil” Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2005/2006 e 2007/2008);

“Prêmio Pró-Vida” (2007), premiação recebida pela redução do índice de mortalidade infantil (de 25 para 05, em cada 1.000 nascimentos), índice de 1º Mundo, prêmio concedido pela Fundação SEADE;

“Melhor Banco do Povo do Estado” (2007/2008), concedido pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, juntamente com o Cepam;

“Primeiro Lugar em Meio Ambiente no Estado de São Paulo” (2008), título concedido pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente, na apresentação dos Municípios Verdes Paulista e no Ranking Ambiental do Estado;

“Melhor Educação Pública do Brasil” (2008), título concedido pelo Ministério da Educação, através da avaliação do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica no Brasil.